André Aguiar (CEO do Grupo Inspira)

Quinze escolas e oito mil alunos apenas em Curitiba e região metropolitana. No mercado desde novembro de 2017, a Inspira Rede de Educadores já é uma das referências em educação no Brasil em gestão e excelência acadêmica, focando no protagonismo dos jovens, acessível a todos e que visa inserir a tecnologia no dia a dia dos alunos. Além disso, o grupo, que atua na gestão das escolas, tem como premissa tratar o ensino de forma ampla e preservar a identidade de cada estudante e instituição, respeitando as características de cada localidade em que atua.

Além do Paraná, a Inspira está presente em Belém, capital do Pará, e neste ano começará a atuar em Salvador (Bahia), Teresina (Piauí), Florianópolis (Santa Catarina) e Porto Alegre (Rio Grande do Sul). O grupo tem como CEO o educador André Aguiar, que há mais de duas décadas atua no ramo da educação. Ao todo, o Inspira possui 13 mil alunos no país.

Em Curitiba e região metropolitana fazem parte da rede o Curso e Colégio Acesso (9 estabelecimentos); o Curso Apogeu e o Colégio Stella Maris, com um estabelecimento cada um; a Escola Dominus e o Top Gun, com duas unidades inseridas no Inspira. Os proprietários dessas instituições passam a ser, também, sócios do Inspira.

“Falar que o Brasil precisa melhorar e educação é pleonasmo e isso vale para a rede privada. Não podemos parar no tempo. Hoje o modelo de escola é o mesmo que era há 200 anos”, ressalta o CEO do Inspira, André Aguiar. Com esse mote, a Inspira vem atuando no mercado e preza pela independência editorial, inclusive. “Não vendemos livros didáticos ou apostilas. São escolas diferentes, com DNAS diferentes, métodos e valores diferentes que atendem vários perfis de famílias. Não se pode comoditizar a educação, com soluções padronizadas, em um país continental como é o Brasil”, explica Aguiar.

Tecnologia

Na busca por deixar o aluno inserido no mundo tecnológico a Inspira atua com o intuito de individualizar o ensino. Para isso foi desenvolvida a plataforma A+ Digital, uma solução educacional composta por exercícios, livros, redações e vídeoaulas que traça um diagnóstico das principais dificuldades do aluno e também das áreas em que ele se sai melhor. “Se o estudante está com dificuldades em matemática, a solução consegue perceber isso e reforçar atividades dessa disciplina, por exemplo”, conta o CEO do Inspira. “Usamos a tecnologia a fim de não massificar o ensino”, completa.

A Inspira também atua com o A+ Maker, um projeto educacional que faz uso de recursos tecnológicos, como robótica, impressoras 3D e blocos de Lego, para estimular a educação dos estudantes. Além disso, o A+ Idiomas foca na formação bilíngue nas escolas parceiras da Rede. O projeto é desenvolvido em parceria com a Oxford Quality – que é um produto bilíngue de uma das maiores universidades do mundo.

O lado da formação humana e social dos estudantes também está implantado no Inspira. Trata-se do A+ Humano que aborda questões como alteridade, empatia e valores sociais juntamente com os alunos. “Trabalhamos protagonismo, interdependência, respeito, resiliência, felicidade, simplicidade e justiça”, afirma Aguiar.

Fonte: Bem Paraná

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this